Pesquisar no site

Contato

Lar Perolas de Cristo
Unidade de Paripe - Rua doutor Eduardo Dotto Nº 1800, e Unidade de Coutos - Rua da Fraternidade s/nº bairro de Coutos, salvador Ba

71 3397-3535 e Fax 33973813,3397 2131

larperolasdecristo@hotmail.com

O que Fazemos

  • Acolher crianças encaminhadas pela Vara da Infância e ou pelo Conselho Tutelares, durante 24 horas, proporcionando um ambiente de escuta, acolhimento e de inserção no atendimento básico proposto pelo Serviço.
  • Atender às necessidades básicas de alimentação, higienização, saúde, vestuário e moradia a qualquer hora do dia ou da noite.
  • Encaminhar aos serviços da rede de saúde, quando detectados casos de necessidade.
  • Recepcionar a criança, iniciar os contatos com Conselhos Tutelares e rede de serviços, para identificação da situação e da família, visando um o mais rápido possível investimento na família que contribua com mudanças que favoreçam o possível retorno ao convívio familiar.
  • Intervir de forma a fortalecer os vínculos familiares, ou a reintegrar com outros meios de convívio social.
  • Atender a família e a criança/adolescente de forma individual e grupal, para orientações, encaminhamentos e acompanhamento da (re) construção do projeto de vida.
  • Fortalecer os vínculos entre educadores, voluntários e educandos, propiciando espaços de vivência coletiva, utilizando recursos/oficinas pedagógicos, culturais e lúdicos, na rotina da criança, de forma a construir o encaminhamento necessário para a intervenção.
  • Estabelecer articulação com outros abrigos, com objetivo de troca de esperiencias que contribuam na melhoria na rotina do abrigo
  • Encaminhar os casos de longa permanência para espaços onde estejam instituídas rotinas próprias, inserção em acompanhamento escolar e recomposição de laços familiares, quando isto for possível, e outras ações necessárias.
  • Propiciar à equipe da Casa de acolhimento, durante a permanência no serviço, a capacitação e a supervisão técnica constante, quando necessário.
  • Criar um banco de dados e monitoramento para o estudo e acompanhamento dos casos, com indicadores de metas e resultados a curto, médio, longo prazos.
  • Apoiar a criação de grupos de voluntários oriundos da comunidade que possam ser inseridos, de formas diversificadas, nas atividades e no apoio da casa.
  • Serão realizadas oficinas lúdicas e pedagógicas e ações socioeducativas, no espaço da casa ou fora dela.
  • Será realizado o acompanhamento e orientação familiar para as famílias das crianças em permanência na casa de acolhimento.